• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

A TV digital no Brasil: do SBTVD ao ISDTV-T: a política a reboque da tecnologia

Autora: Paola Daniella da Fonseca Rodrigues

Ano: 2008

Instituição: Universidade de Brasília – Programa de Pós-graduação em comunicação, 2008 

Dissertação de mestrado que pretendo analisar a implementação da televisão digital no Brasil, observando as ações políticas que foram engendradas no Ministério das Comunicações durante o primeiro mandato do presidente Luís Inácio Lula da Silva – 2002 a 2006 -, considerando as datas de 26 de novembro de 2003, dia da instituição do Sistema Brasileiro de TV Digital pelo Decreto 4,901, de 29 de junho de 2006, quando se deu a escolha do padrão japonês ISDB-T, feita pelo presidente Lula e oficializada por meio do Decreto 5,820. A pesquisa aborda também o desenvolvimento do padrão brasileiro TVD, baseado no padrão, o chamado ISDTV-T, a criação do middleware Ginga NCL-Lua, componente do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre, e, por fim, a inauguração oficial da TVD no Brasil, em São Paulo, no dia 2 de dezembro de 2007. Nossa abordagem, à luz das teorias da Economia Política da Comunicação, intenta investigar os motivos da adoção de um padrão híbrido do sistema japonês em detrimento dos outros e o impacto disso sobre a indústria nacional, além das relações políticas e econômicas que influenciaram na constituição de um modelo de serviços e de negócios para gerir essa nova tecnologia.

 

Link para o trabalho

VER MÁS

COMPARTIR


TVs e Radios