• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Formação de radialistas na era da inclusão discursiva: uma reflexão sobre a condição unicativo-educativa do rádio no campo das políticas públicas

Autor: Ana Luisa Zaniboni Gomes

Año: 2007

Instituición: Universidade de São Paulo – Ciências da Comunicação - Mestrado.

Considerando que no Brasil a radiodifusão é um serviço público do Estado executado por terceiros através de autorizações ou concessões, o rádio - reconhecidamente o mais acessível e popular dos meios de comunicação ainda não se percebe e nem é percebido como importante aliado das políticas públicas. Entretanto, ao dar face humana a essas emissoras, verifica-se que muitos radialistas vêm desempenhando um importante papel social e transformador da realidade em seus territórios locais. Dados recolhidos junto a 155 radialistas de 142 emissoras de diferentes naturezas e expressões sobre a formação que buscaram - e ainda buscam - para o exercício de suas atividades cotidianas, permitem uma reflexão crítica acerca da possível ressignificação do veículo a partir da conscientização de seus comunicadores para o papel educativo que ambos têm a desempenhar no almejado protagonismo cidadão.

Haga clic aquí para ver el trabajo

VER MÁS

COMPARTIR


TVs e Radios